Home / Espaço do Médium / JÁ NÃO SOMOS MAIS OS MESMOS

JÁ NÃO SOMOS MAIS OS MESMOS

Após muitos conflitos internos e após reformular muitas coisas na vida, eu aceitei que minha mediunidade começasse a ser desenvolvida, o que me vinha sendo “cobrado” desde pequena.  Após relutar por anos, decidi aceitar o que meu coração sempre me pediu: a Umbanda! Por mais que eu não a procurasse, ela persistia sempre que eu a encontrasse, fosse através de um amigo, sensações, paixão.
Porém, para que essa mediunidade fosse desenvolvida, precisava encontrar um lugar, que me sentisse “em paz” e acolhida.
Frequentei algumas casas mas não havia me encontrado, não me sentia “em casa” em nenhum lugar.
Esse sentimento só foi despertado, ao conhecer o Terreiro de Umbanda Caboclo Akuan. Me senti feliz, porque me sentia pronta do fundo do meu coração, com sentimentos puros e verdadeiros, e não por orgulho ou por querer ser algo que não era.
 
Agradeço à minha Mãe Iemanjá e Meu Pai Ogum por me permitirem passar por todo o tempo de reflexão e mudança que foi necessário, e sou grata por tudo isso.
 
Ontem, em mais uma noite de trabalho com nossos amigos exu, nossa assistência cheia e eu feliz e disposta, por mais uma noite de entrega e conhecimento.
Quando começaram nossos trabalhos, nossos cantos, palmas, atabaque… me concentrei e fechei os olhos e em uma reflexão muito íntima, orei: “Meu Pai, minha Mãe, meu Padrinho Caboclo Sete Ondas, e todos os meus guias espirituais que me acompanham, eu agradeço por estar aqui.  Abro o meu coração para ajudar e contribuir com a corrente desta casa.” 
 
Após essa prece sincera e de coração, as vibrações começaram a percorrer meu corpo. Vários pensamentos passavam pela minha cabeça. “O que vai acontecer? Será que vou dançar? Será que eu falo? Este movimento foi meu ou da entidade que está a incorporar?” É difícil controlar estes pensamentos, mas respirei fundo, fiz um grande esforço para esvaziar a minha mente e deixar acontecer o que tinha que acontecer.
 
E esta noite, foi especial! Senti a vibração de uma Pomba Gira, foi uma sensação intensa e me trouxe uma alegria e um bem estar indiscutível. Mesmo com meus pensamentos e as minhas próprias sensações, que estavam ali… senti as feições do meu rosto ficarem diferentes, as mãos suavam, meu coração acelerado, meu corpo tremia e se movia involuntariamente, senti intuições que pareciam não serem minhas…
 
Foi uma sensação “ímpar” e nada comparado à qualquer sensação anterior. Apesar de ter a percepção de tudo o que se passava à minha volta, de estar plenamente consciente, eu sentia outra força manifestar-se através do meu corpo. Senti a força e a grandiosidade do que a espiritualidade é capaz. Senti a grandiosidade da vida. De repente, a minha vida aqui na Terra, os meus conflitos pessoais, as preocupações que muitas vezes me tiravam o sono, se tornaram tão pequenos.
 
As mudanças mais significativas são aquelas que acontecem dentro da gente, em silêncio, no nosso próprio tempo, e quando percebemos – já aconteceu – já não somos mais os mesmos.
 
Médium Cristiane Gomes – 26/07/2017 

Deixe uma resposta