Home / Rituais da Casa / Orientação ao Médium

Orientação ao Médium

OBSERVAÇÕES INICIAIS:

Não tenha pressa em aprender tudo de uma vez. O aprendizado depende da fé, da confiança, persistência, devoção, amor e humildade. Todas as dúvidas devem ser tiradas com a Mãe de Santo da casa ou a entidade responsável pelos trabalhos. Todas as perguntas serão sempre bem-vindas.
Ao chegar no terreiro, todas as vezes, você deverá fazer saudações às firmezas e lembra-se de que esta num lugar sagrado.

  1. Ao entrar, saudar a casa de Exu “SARAVA EXU, SUA LICENÇA”.
  2. Saudar a entrada do terreiro batendo com o dedo médio fazendo um triângulo, onde você estará saudando Caboclos, Pretos e Crianças. Após ter feito isso tocar com o mesmo dedo na testa (espiritual), ao lado da cabeça (mental), e atrás (físico).
  3. No meio do terreiro fazer o mesmo, onde existe a firmeza do seu Sete Ondas.
  4. Bater cabeça no congá.
  5. Ao encontrar a Mãe de Santo ou qualquer pessoa que tenha hierarquia na casa, pedir MUCUIU (bênção).
  6. Trocar a sua roupa e aguardar o início da sessão.

Obs. importantes: Procure sempre chegar ao terreiro com certa antecedência, para o início da sessão. Assim você poderá trocar a sua roupa com calma, harmonizar-se com as vibrações do terreiro, ajudar no que for necessário na preparação para a sessão e aproveitar para tirar quaisquer dúvidas que tenha.
Quando a sessão terminar, procure também não sair correndo, procure ajudar nas arrumações do terreiro. Peça Mucuiu (bênção) novamente a Mãe de Santo e faça as saudações todas que fez quando entrou, agora, em sentido inverso.

Por que pedir MUCUIU (benção) a Mãe de Santo
Quando fazemos isto estamos não pedindo a bênção dela. Estamos pedindo a bênção a Coroa de Chefia que ela possui. É ela que nos abençoa. É ela que cobre e protege que comanda toda a corrente do nosso Centro. E uma reverência, não a ela, mas sim a Coroa da Casa que ele representa.

BANHOS:

Antes de qualquer trabalho tomar banho de descarrego.

O banho deve ser feito por quem vai tomá-lo. Ele deve conter ervas do orixá para quem já tem amaci. Quem não tem amaci usar: guiné, arruda e alecrim.

Para que tem o Amaci, nem todas as ervas do Orixá precisam ser usadas, escolha uma, três, cinco ou sete tipos.
Jogar do ombro pra baixo, nunca molhar a cabeça. Evite usar banhos que são vendidos em caixinhas, pois geralmente vêm com muito lixo além da erva. Procure você mesmo preparar o banho, colher e lavar as ervas. Cada um é responsável pelas próprias obrigações.

ANJO DA GUARDA:

Todo médium deve acender no jardim de Oxalá de nosso terreiro uma vela branca antes do inicio da gira, para seu Anjo da Guarda. Isto é muito importante. Mantenha o pensamento elevado e sempre que se sentir fraquejar reze ao seu Anjo e peça que ele te proteja e o ilumine.

A SUA ROUPA:

É uma roupa sagrada. Deve estar sempre limpa e bem cuidada. Lave sempre depois de cada sessão, mesmo que ela não esteja aparentemente suja.  A roupa deve ser usada somente nas sessões, e devem ser vestidas apenas  para os trabalhos no terreiro.

CUIDADOS PESSOAIS:

Médiuns masculinos: camiseta branca e calças que fiquem largas no corpo.

Médiuns femininos: Camiseta, calça e saia. (cuidado com decote da blusa, transparência e roupas justas.)

ATENÇÃO: 24 HORAS QUE ANTECEDE A GIRA JEJUM DE CARNES VERMELHAS, BEBIDA ALCOÓLICA E SEXO.

 

PRINCÍPIOS DA UMBANDA

  1. – Na existência de Deus, Único, Onipotente, Irrepresentável, adorado sob vários nomes (Zambi, Obatalá, Olorum, etc.).
  2. – Na crença de Jesus Cristo sincretizado em Oxalá
  3. – Na crença de Entidades Espirituais em Plano Superior
  4. – Na crença de guias espirituais, mensageiros dos Orixás, os caboclos, pretos-velhos crianças e etc.
  5. – Na crença da reencarnação e na Lei Cármica de Causa e Efeito.
  6. – Na prática da mediunidade, sob as mais variadas apresentações.
  7. – Na afirmação de que as religiões constituem os diversos caminhos de evolução espiritual que conduzem a Deus.
  8. – Na prática da Caridade Material e Espiritual.
  9. – Na necessidade do Ritual, como elemento disciplinador dos trabalhos.
  10. – Na crença de que o homem vive num campo de vibrações, que condicionam a sua vida para o bem ou para o mal, conforme sua própria tônica vibratória.
  11. -Em seus ensinamentos de amor ao próximo e caridade


CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DA UMBANDA

1      Trabalhos exclusivamente visando o bem, a caridade e a evolução espiritual de todos.
2      As sessões obedecem a horários preestabelecidos
3      Nas sessões de Umbanda, não há abate de animais ou de qualquer outro ser vivo.
4      As oferendas aos guias, realizadas junto à natureza, devem sempre deixar o local limpo, como foi encontrado. Tomar cuidados, por exemplo, a acender velas perto de arvores (risco de incêndio). Nós amamos a natureza e as suas energias. Como podemos sujar os locais sagrados para nós?
5     Na Umbanda a vestimenta básica deve ser toda branca.

6    Não há cobranças por trabalhos executados, consultas, ou o que quer que seja.

7    A prática religiosa deve ser realizada em locais específicos. Não aprovamos e não permitimos atendimentos em sua residência ou qualquer outro local, sem o devido conhecimento do Dirigente.

8  A Umbanda não é trabalho individual, é união, trabalho em equipe, sem competições, cada um está num grau de desenvolvimento, de esclarecimento, portanto o respeito e a união devem estar entre todos.

 

 

Deixe uma resposta