Home / Vibração

Vibração

Yemanjá

 

Eu vou à praia grande

Eu vou pro mar

Levar botões de rosa a Yemanjá

Eu vou à praia,

Vou riscar ponto na areia

Vou pedir a Mãe Sereia

Todas as forças do Mar

Que nos proteja

Com seu manto inteiro branco

Que nos cubra com os encantos

Que tem as ondas do mar

 

 

Oxalá

 

Oxalá Seus filhos lhe pedem auxílio

Vinde a eles ajudar

Derramais vossos olhos piedosos

A estes filhos de fé

 

 

Yemanjá

 

Hoje é dia de Nossa Senhora

De Nossa Mãe Yemanjá

Calunga e e e e e e

Calunga a a a a a a

Brilham as estrelas no Céu

Brincam os peixinhos no mar

Calunga e e e e e e

Calunga a a a a a a

 

 

Ogum

 

Nesta casa de Guerreiro, Ogum

Vim de longe pra rezar, Ogum

Rogo a Deus pelos doentes, Ogum

Na fé de Obatalá, Ogum

 

Ogum salve a Casa Santa, Ogum

Os presentes e os ausentes, Ogum

Salve nossas esperanças, Ogum

Salve os velhos e crianças, Ogum

 

Nego velho ensinou, Ogum

Na Cartilha de Aruanda, Ogum

E Ogum não esqueceu, Ogum

Como vencer as demandas, Ogum

 

A tristeza foi embora, Ogum

Na espada de um guerreiro, Ogum

A luz do romper da aurora, Ogum

Vai Brilhar neste Terreiro, Ogum

 

 

Xangô

 

Meu Pai Xangô chegou no reino

Meu Pai Xangô já vai girar

Olha seus filhos lhe pedem, meu Pai

Não deixe os filhos tombar

 

 

Oxum

 

Aieiê Mamãe Oxum

Aieiê vêm nos ajudar

Aieiê Mamãe Oxum

Das cachoeiras de Oxalá

Aieiê Mamãe Oxum

Dê-me água pra beber

Tenho sede de esperança

Tenho sede de aprender

 

 

Oxóssi

­

Eu corri terra eu corri mar

Até que eu cheguei na minha raiz

 

Ora viva Oxóssi na Mata

Que a folha na Mangueira

Ainda não caiu 2x

 

 

Iansã

­­

Eram duas ventarolas

Duas ventarolas

Ventando para o mar 2x

 

Se a minha Mãe é Iansã,

Eparrei

Agora que eu quero ver,

Eparrei 2x

 

 

Nanã

 

São flores Nanã, são flores

São flores Nanã Buruquê

São flores Nanã, são flores

Do seu filho Abaluaê

Nas horas de agonia

É ele quem vem nos valer

É ele, Nanã, é meu Pai

É seu filho Abaluaê

 

 

Descarrego dos Orixás

 

Ogum bateu na Terra

Num Raio de Xangô

Toda a poeira que sobrou

Oxum pra Aruanda levou

Levou, Levou

Licença de Oxóssi ela ganhou

Na onda de Yemanjá.

Iansã pro barra vento

De Oxalá, tudo levou

Levou, Levou

 

 

Descarrego de Yemanjá

 

Descarrega, descarrega

Todo o mal que aqui está

Leva, leva, leva

Tudo pro fundo do Mar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta